terça-feira, 15 de julho de 2008

NARCISO


Apesar de a técnica se sentir um pouco a mutar, continua a ser um trabalho meu, porque afinal os meus elementos tipícos continuam lá, apenas com os toque e contorno diferente.
Escolhi o título narciso, por razões que podem parecer obvias, pela presença da dita flor no desenho, mas também pela reflexão que fiz há alguns dias: não será o diabo o maior de todos os narcisistas? Não será o mal e todas as suas formas um acto narcisista!? Escolher para nós o melhor entre muitas coisas de caracter vulgar, não será um acto pretensioso de narcisismo!

4 comentários:

Anónimo disse...

O maior de todos os narcisistas é não é o diabo mas sim a espécie humana. Que com toda a sua inteligência e racionalidade acaba por fazer com que todas as outras espécies sejam directa ou indirectamente influenciadas pelo seu comportamento. A ideia de que somos invenciveis e que conseguimos controlar tudo o que nos rodeia, faz com que menosprezemos o equilibrio ténue que é a vida na terra. Talvez esta atitude narcisista, que a espécie humana possui e que por enquanto a tem feito dominar o planeta, seja uma caracterista que no futuro a possa levar à extinção...

eumesma disse...

Muito se podia escrever pelo que um titulo "narciso" associado a vários elementos nos pode provocar. A minha escolha para a representação de "narciso" com uma face diabólica não foi inocente, e não quis que ela ficasse apenas num parâmetro mitológico. É bem real e crua a atitude narcisista no caractér humano, mas por vezes é através de subtilezas que atingimos mais rápidamente amago frenético da necessidade humana de fazer gravitar tudo para si e sempre em proveito próprio. A minha imagem não pretendeu gritar um conceito ou um facto, mas fazer sibilar no inconciente uma miséria de espírito, podre por dentro, mas do mais colorido que existe por fora.

Anónimo disse...

O diabo esconde-se de muitas formas, muitas vezes está onde menos se espera, aqueles que se pensavam ser doces e meigos muitas vezes são maus e feios por dentro...
Outros dizem uma coisa e pensam outra, só para agradar e não parecer mal, a hipocrisia graceja na sociedade e corroi os mais básicos e elementares valores que há largos anos são fundamento da sociedade...

admiradorsecreto...

eumesma disse...

Se o diabo admite que é diabo, será ele mais diabo do que o que não admite ser diabo? Admitir o mal em si e todas as falhas é o que de melhor se pode dar aos outros, porque sabem do que somos feitos. Pensarem que somos o bem só porque não nos manifestamos é o maior de todos os perigos, é sentir o sofrimento de uma emboascada a cada momento. Ninguém é inteiramente bom, e bom não me refiro só a nivel de sentimentos, mas de todas as outras capacidades humanas, porque ai estaria a ser narcisista. Somos uma luta de coisas boas e más que vão se mesquelando para formar o que somos. Muitas das vezes, julgam-nos em parte e não veem o todo. Ouvem o mau e ignoram o bom. E ai quem é narcisista em relação a quem!